Ciência e Tecnologia

Pessoas expostas ao estresse crônico costumam apresentar níveis sanguíneos elevados do hormônio cortisol, cujo papel é preparar o corpo para lidar com situações desafiadoras – aumentando a frequência cardíaca e os níveis de açúcar no sangue, por exemplo. Esse estado de alerta constante pode contribuir, ao longo do tempo, para o desenvolvimento de doenças metabólicas e psiquiátricas. Entender a participação do cortisol e de um de seus principais metabólitos – o 11-DHC –

Filhos de mães alimentadas com uma dieta pobre em proteínas durante o período de gestação e lactação correm risco consideravelmente maior de desenvolver câncer de próstata ao envelhecer. Foi o que constatou um estudo feito com ratos no Instituto de Biociências (IBB) da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu. Os resultados da pesquisa, apoiada pela FAPESP, foram divulgados no The Journals of Gerontology

No ritual da tucandeira, realizado como forma de iniciação masculina pela tribo sateré-mawé, na Amazônia, para demonstrar força e coragem, meninos da aldeia têm que vestir uma luva feita de palha (saaripé) cheia de formigas tucandeiras (Paraponerinae) e resistir por, pelo menos, 15 minutos às doloridas ferroadas do inseto. Pesquisadora do manejo e controle da dor em pacientes em hospitais e em populações vulneráveis, como moradores de rua em São Paulo, Eliseth Ribeiro Leão, professora da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein,

Uma alteração em um gene que dificulta o processo de emagrecimento foi identificada em pesquisa feita na Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A pesquisa, feita com 76 adolescentes obesos entre 15 e 19 anos, mostrou que um polimorfismo no gene receptor da leptina – sinalizador da saciedade – altera de uma só vez a regulação neuroendócrina e o balanço energético. 

vaccinazionePesquisadores do Instituto Butantan estão trabalhando no desenvolvimento de uma nova vacina contra a pneumonia. A vacina será de uso inalatório, dispensando a utilização de agulhas, e espera-se que seja mais barata, eficiente e prática do que as disponíveis atualmente. Segundo o Instituto, a pesquisa tem três anos para ser concluída e somente depois disso poderá ser testada em humanos. A pneumonia atinge, em média, 450 milhões de pessoas por ano e é registrada em todos os países do mundo. 

Uma linhagem do vírus da dengue 1 encontrada no Brasil consegue prevalecer sobre outra, apesar de se multiplicar menos nos mosquitos portadores do vírus e nas células humanas infectadas. A descoberta foi feita em uma pesquisa colaborativa apoiada pela FAPESP e desenvolvida por diversas instituições nacionais e uma universidade dos Estados Unidos. Segundo a pesquisa, a linhagem ativa menos a resposta do sistema imunológico dos doentes.

Ervas medicinaisPara melhorar a ansiedade, tome um chá de capim-santo! Quem nunca recebeu essa dica milagrosa? Essa é uma das plantas recomendadas para uso medicinal. Saber conservar e usar cada uma é fundamental para um bom resultado. E para quem deseja consumi-las de forma fresca, também é possível o cultivo em casa. O farmacêutico bioquímico, Dr. Décio Gomes de Oliveira, professor da Unoeste que desenvolve trabalhos e estudos com plantas medicinais, ressalta que são inúmeros os benefícios que as ervas oferecem, desde que utilizadas corretamente.

Parece ter chegado ao fim o mistério da origem dos raios cósmicos de altíssima energia, as partículas mais energéticas do Universo, que chegam à Terra vindos de fora de nossa galáxia, a Via Láctea. Em dois estudos publicados no dia 12 de julho na revista Science, pesquisadores de 17 colaborações internacionais, entre eles dois jovens brasileiros, apresentaram as evidências mais sólidas até agora de que uma das fontes desses raios cósmicos devem ser os buracos negros gigantes no centro de galáxias a bilhões de anos-luz de distância da Via Láctea. 

O diagnóstico precoce da hepatite C, infecção viral que afeta o fígado, é fundamental para evitar sua progressão e impedir que o indivíduo contagiado transmita a doença para outras pessoas. No entanto, os exames convencionais para identificar a enfermidade não são totalmente precisos e podem comprometer o resultado da avaliação médica. Além disso, alguns exames apresentam elevado custo e levam dias até apontar o diagnóstico.

Pesquisadores paulistas podem ter descoberto a razão pela qual as abelhas africanizadas são tão ferozes. Eles rastrearam substâncias químicas presentes em níveis mais elevados no cérebro de abelhas africanizadas, em comparação com abelhas melíferas e dóceis criadas por apicultores. De acordo com estudo publicado no Journal of Proteome Research, tais compostos químicos podem fazer com que abelhas menos agressivas se tornem ferozes.

fibre ottiche 3DprintedA produção de fibras ópticas especiais por impressão em três dimensões (3D) é um processo que vem sendo investigado há dois anos no Laboratório de Fibras Especiais (LaFE), do Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) da Unicamp. Novos resultados da pesquisa acabam de ser publicados em dois artigos, na Scientific Reports e no periódico Fibers. O primeiro artigo é sobre o desenvolvimento mais recente do grupo – com colaboradores da University of Southampton, no Reino Unido – em que a fibra produzida por manufatura aditiva guiou luz infravermelha em um núcleo oco (no ar).